sábado, 30 de junho de 2012

Partido Comunista confirma Alex Lombello Amaral como candidato a vice-prefeito de São João del-Rei

Alex é morador do bairro das Fábricas, graduado (UFMG), pós-graduado (UFSJ) e mestre (UFJF) em História, autor de um livrinho chamado Origens das Minas Gerais e editor de livros de Marx, Engels, e Lênin, dos quais também traduziu algumas coisas. Iniciou sua vida política em 1993 como um dos redatores do Che, um jornal estudantil. Nesse mesmo ano participou da segunda fundação da Umes. Em 1994, ingressou no movimento estudantil universitário, liderando várias ocupações da Reitoria e dos bandejões da UFMG, e participando de diversas outras manifestações em diversas cidades do país. Era então membro do PCdoB, e da direção estadual da sua juventude, a UJS. Em 1999, de volta a São João del-Rei, foi um dos fundadores da Escola Operária, a escola dos sindicatos de São João del-Rei, em cujo pré-vestibular lecionou por 8 anos. Em 2004, depois de dez anos no PCdoB, preferiu se retirar que aceitar o apoio dado pela direção estadual desse partido ao PSDB-PT nas eleições municipais de São João del-Rei. Contra o PSDB, subiu nos palanques do PMDB, de onde denunciou com firmeza o governo estadual tucano. Em 2007, filiou-se ao PCB, fez uma primeira experiência de candidatura em 2010, a deputado federal (teve pouco mais de mil votos gastando pouco mais de 2 mil reais), e agora será o vice de Jordano, do PSTU.

Ao que tudo indica restarão somente três candidaturas em São João del-Rei. O favorito é Nivaldo, atual prefeito, do PMDB, com vice também do PMDB. Existem boatos porém de que se articula para se inviabilizar o vice peemedebista e substituí-lo por um tucano. Seria a única maneira do PSDB chegar à prefeitura de São João del-Rei. O PT deve confirmar a candidatura de Helvécio, ex-reitor da UFSJ, com histórico de autoritarismo e centralismo que pode ser acompanhado em artigos antigos desse mesmo blog. Os partidos socialistas coligaram-se, terão Jordano e Alex como candidatos à prefeitura e uma chapa de vereadores.

O Partido Comunista lançou dois candidatos a vereança, o mestrando Alexandre Marciano e o gráfico Ever Alessandro, que estão na coligação PCB, PSTU, PSOL.

Um comentário:

Revistacidadesol disse...

Oi, Alex.

Se der uma arrumar uma cópia de morrão, envie o Origens de Minas Gerais, por favor, para que eu possa fazer uma resenha no blog.

Aqui em Bom Despacho vivemos um contexto caos com possibilidades. O nosso Nivaldo, Haroldo, cumpriu três mandatos e tem de fazer um sucessor. Ele escolheu Marco Túlio (PDT/PV/PP), um médico muito popular na cidade. Mas recentemente descobriu-se que Marco Túlio está com câncer. Ele decidiu prosseguir mesmo assim, com sua esposa como vice.


Na oposição estão, possivelmente, o PT/PMDB com o tb médico Bertolino, Fernando Cabral do PPS, Zé do Nô no PR e Vital do PSDB. Ou seja, a oposição, com a longa permanência do "Nivaldo" no poder, fracionou-se e poderá ser derrotada, o que é reflexo do quanto o setor empresarial foi, pragmaticamente, ligando-se a Haroldo para faturar.

Abs do Lúcio Jr.

Postar um comentário