terça-feira, 11 de setembro de 2012

Aulas da UFSJ devem voltar dia 24 de Setembro

Depois de mais de quatro meses de greve, as aulas vão voltar. O comércio será recompensado por mais de um ano de férias curtas, pois o calendário da UFSJ só deve ser normalizado no início de 2014. Seria bom que também crescesse o poder aquisitivo dos professores e estudantes, mas não é o caso.



A greve teve início dia 17 de Maio de 2012, e terminará dia 24 de Setembro. Os professores voltam sem acordo com o governo. Não conhecemos ainda o calendário de reposição de aulas, mas se seguir o normal, o primeiro semestre terminará no final de Novembro, e logo começará o segundo, talvez ainda em 2012. De qualquer forma, 2013 será um ano com três semestres para os estudantes da UFSJ, e é provável que as férias do final de 2013 ainda sejam reduzidas no seu início. Ao menos é assim que normalmente acontece depois das greves universitárias.

Os professores voltam com pouca reposição salarial, o que dizer então das bolsas dos pesquisadores? Para a cidade, para quase todas as cidades do país, o ideal seria que os funcionários dos governos recebessem os aumentos que desejam, porque esse dinheiro volta a circular na cidade, enquanto dinheiro que vai para os bancos internacionais e para as contas dos políticos, em grande parte não circula mais aqui. As greves de funcionários públicos são lutas entre trabalhadores e políticos pelo dinheiro público, o que acaba sendo ao mesmo tempo a luta de São João del-Rei e de todas as cidades contra a banca internacional e seus sócios políticos nacionais pelas riquezas de nossa terra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário