sexta-feira, 25 de maio de 2012

Brigadas Populares não fazem mais parte do grupo São João para o Povo Trabalhador

Surpreendidos com a decisão das Brigadas Populares de apoiar uma coligação eleitoral adversária composta majoritariamente por um agrupamento que tem sido o adversário das organizações e interesses dos trabalhadores e dos estudantes do município de São João Del Rei, percebemos, decepcionados, que as Brigadas Populares não fazem mais parte do Frente São João para o Povo Trabalhador.

Há meses as Brigadas já não participam das nossas reuniões, e não nos informaram dessa decisão que vai contra os interesses desta coligação; assim como contrárias às nossas decisões coletivas. A condição para participar de qualquer organização democrática é cumprir as decisões da maioria.

A Frente São João para o Povo Trabalhador terá candidatos próprios, para prefeito e vice, e para vereadores. Por não sermos um agrupamento meramente eleitoral, após as eleições continuaremos vivos, participando de todas as lutas populares do município. Será o momento para avaliarmos e superarmos esse desconforto, para seguirmos juntos nas lutas do dia a dia.

Continuamos como sempre abertos ao diálogo com os companheiros.

PSTU, PCB, PSOL e Consulta Popular

3 comentários:

PCB Ipatinga disse...

Não foi a Brigadas que saiu da coligação, foi eu que esqueci de tomar meu remedinho, ou vc não entendeu o que eu falei há um tempo atrás se referia a eles?

Alex - BH

Choldraboldra disse...

"Conseguimos, em contraste com as eleições presidenciais em que estivemos divididos, construir uma aliança de cinco organizações socialistas. Além de ser óbvio o papel do respeito mutuo na manutenção dessa aliança, o critério de decisões tem sido a unanimidade por um lado, e nas publicações a liberdade e responsabilidade do assinante. Essa frente foi montada ainda no início de 2011, sem fins eleitorais, e tentaremos mantê-la apesar do que possa acontecer nas eleições de 2014."

Yuri Soares disse...

Companheiro, no final das contas as Brigadas estiveram em qual coligação?

Atenciosamente,

Yuri Soares - eufemismo@gmail.com

Postar um comentário