segunda-feira, 19 de março de 2012

Partido Comunista lança pré-candidato: Construir o poder popular a partir das eleições municipais

Se não pudermos mudar sequer os municípios, não conseguiremos mudar nada. As pessoas vivem todas em municípios, e se não mandarem em seus municípios, não mandarão nem nos estados, nem na União. Em todo o país, vemos desanimo da esquerda frente a eleições que parecem despolitizadas, pouco importantes, localizadas, limitadas. Mas de fato esse é o discurso capitalista, é a realidade inventada pelos meios de comunicação, a política municipal não precisa ser limitada.

Em São João del-Rei estamos cada dia mais animados. Conseguimos, em contraste com as eleições presidenciais em que estivemos divididos, construir uma aliança de cinco organizações socialistas. Além de ser óbvio o papel do respeito mutuo na manutenção dessa aliança, o critério de decisões tem sido a unanimidade por um lado, e nas publicações a liberdade e responsabilidade do assinante. Essa frente foi montada ainda no início de 2011, sem fins eleitorais, e tentaremos mantê-la apesar do que possa acontecer nas eleições de 2014. Reivindica com orgulho ser herdeira da frente que em 2008 candidatou João Bosco e Chico à prefeitura, e espera deixar um bom cabedal para as eleições de 2016. Está em criação um sistema de contribuições, cuja contribuição mínima são cinco reais. Existem projetos para uma sede permanente.

Nessa Sexta-feira, dia 23 de Março, dois dias antes do Partido Comunista completar 90 anos, a aliança realizará um Seminário, O Poder Popular em São João del-Rei, em que se debaterá as formas de se construir a "verdadeira democracia", o poder popular, apesar das leis atuais. Não que alguém tenha a ilusão da possibilidade de se estabelecer um outro sistema político em um município. Nem que exista por aqui a ilusão de que o poder popular possa ser construído gradualmente e dentro das leis. Não estamos sonhando, não decaímos para a social-democracia. Contudo, também não é possível propor a substituição do capitalismo por nada, não se pode derrubar o sistema político atual sem que seja para substituí-lo por um melhor. Sendo assim, o único motivo para não defendermos o poder popular nas eleições, sejam municipais ou gerais, seria uma indesculpável covardia, que poderíamos disfarçar com um palavreado marxista, como se Marx fosse um inventor de regras e impossibilidades, quando a ciência é a constante quebra das regras e das impossibilidades.

Esse seminário sobre o poder popular acontecerá no Sindicato dos Metalúrgicos, que em São João del-Rei abriga diversos eventos políticos, às 18 horas e contará com a contribuição dos professores Eder, Claret e Oraldo. Provavelmente até lá também o PSOL e o PSTU terão escolhido seus pré-candidatos para disputarem a prefeitura pela frente que também conta com PCB, Brigadas e Consulta. O Partido Comunista escolheu Alex Lombello Amaral como seu pré-candidato. A maioria dos textos dessa página são de autoria desse comunista. Ele pode ser melhor conhecido por sua página no facebook, http://www.facebook.com/profile.php?id=100000121687808 . É historiador e está lançando atualmente o livro Origens das Minas Gerais, que não tem nada sobre capitalismo e socialismo. Criou recentemente uma editora que já publicou livros de Karl Marx, Friedrich Engels, Rosa Luxemburg e Victor Serge.

Obs: Na foto, de cinco anos atrás, Jordano (PSTU), Sammer (Brigadas) e Alex (PCB) em uma atividade em defesa dos trabalhadores doentes de silicose.

Nenhum comentário:

Postar um comentário