quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

O ouvidor da Câmara municipal



Após a cidade de São João Del Rei ter ficado debaixo d'água nas últimas chuvas, voltamos a nossa atenção para a Câmara municipal acreditando que, de lá, poderiam sair os projetos e as ideias com as soluções desse problema que assola a cidade a tantos anos. Imaginávamos, humildemente, que os nossos vereadores se empenhariam em demonstrar um fio de esperança aos que padecem das enchentes, presenciar uma reflexão profunda e mais, que alguma medida fosse colocada em discussão para salvar a população afetada.



Acreditamos nisso, pois guardamos bem os dias das enchentes em que os políticos locais apareceram, discursaram e mostraram solidariedade com os moradores afetados. Mas não foi bem o que se viu na Câmara municipal. Preferimos guardar silêncio após a primeira sessão, mas não é para matar qualquer um de raiva quando se passa a segunda sessão e nada?


Sim, cidadãos de São João... Acreditem se quiserem mas a câmara municipal já se reuniu em duas sessões em fevereiro e o que se esperava dela? Abordar o problema “enchentes”! Sabem quantos projetos foram votados? Cinco! Sabem quantos referentes as enchentes? NENHUM!!! ABSURDO!!! Cadê aquele empenho e mobilização dos dias da tragédia?


Saibam leitores, que durante as falas livres na tribuna, o líder do partido da prefeitura, disse que o problema das enchentes, na Vila Nossa Senhora de Fátima especificamente, NÃO TEM SOLUÇÃO!!! Pode entrar governo, sair governo, que a VILA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA CONTINUARÁ SENDO ALAGADA!!! Mais que balde de água fria!!! Não há solução? O partido da prefeitura declara que não há solução definitiva!!! ESTAMOS TAPANDO O SOL COM A PENEIRA!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário