quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Reitor transforma UFSJ em palanque eleitoral


Dessa vez o PT está se aproveitando das enchentes para se aproximar dos locais alagados com um carro de som e afirmar que o reitor, que já está em campanha para prefeito, é que está ajudando as pessoas desabrigadas. Esse mesmo reitor já transformou os shows do Inverno Cultural em showmícios por 3 anos seguidos. Em suas mãos a UFSJ tem sido joguete nas mãos do governo federal. Quando os tucanos tinham a presidência da República, ele tinha fama de tucano, agora se filiou ao PT. Para ajudar uma carreira politiqueira nada melhor que estar com o governo. Os estudantes têm sofrido 3 anos de perseguição, porque não dizem amém às decisões irresponsáveis que vêm sendo tomadas, como se pode constatar no blog do DCE na coluna ao lado esquerdo do leitor.

Essa última atitude petista, que tem sido vaiada pela população, é um desrespeito com as vítimas, com os bombeiros, com a polícia, com as centenas de voluntários etc. É também uma demonstração de falta de discernimento entre o que é um bem público e o que é um bem particular. O PT é mestre em usar sindicatos e entidades estudantis como trampolins para seus candidatos, e agora está usando uma Universidade Federal.

É chocante que o eleitorado petista depois ainda se diga surpreso com os escândalos petistas. Se por vinte anos o PT parasitou os Sindicatos ligados à CUT, por que seria honesto no governo federal ? Se um cara como reitor usa a Universidade para fins eleitorais, o que fará com a Prefeitura ?


PS: Esses comentários são baseados no comentário de Vera Vale, no Facebook, que também tenta ganhos políticos para os seus candidatos:

O deputado Reginaldo Lopes, como se viu na noite de terça-feira, não perdeu tempo para exibir sua falta de seriedade e seu apego à demagogia e à mentira. Diante de centenas de moradores que se aglomeravam diante da ponte do “bezerrão” sem atravessá-la face ao perigo de desabamento, passou, com o uso de altofalantes, a fazer propaganda política para seu candidato a prefeito pelo PT, atribuindo a este candidato o socorro aos moradores, o que era pura mentira. A verdade tinha outra opinião. O socorro aos moradores começou com a boa vontade da Viação Presidente, que a pedido da polícia Militar, colocou à disposição o transporte dos moradores impedidos de irem para suas casas. Mas os moradores, mesmos podendo serem transportados para abrigos da UFSJ, recusaram este socorro, que foi obtido pela Polícia Militar, e não pelo PT muito menos pelo deputado mentiroso, tendo o mesmo sido vaiado pelos moradores. Deputado, como você viu o povo não é idiota como você pensa.

Um comentário:

Sammer Siman disse...

Como é curto o limite entre a safadeza e o ridículo...

Postar um comentário