quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Continua a guerra civil na Líbia. O assassinato de Kadafi pode ter sido um grande erro dos imperialistas

Notícias da Líbia, que podem ser lidas em sites que estão na lista "Notícias Internacionais", na coluna ao lado, indicam que as forças republicanas e revolucionárias, autodenominadas "verdes", continuam a guerra contra a coligação imperialista e fundamentalista, à qual causam pesadas baixas.

Sabe-se que Kadafi, desde a invasão do Iraque, cedeu aos interesses imperialistas. Assassinado o líder da Revolução Verde, logo quando se moderava e negociava, o que se pode esperar em caso de vitória do Exército Verde?

PS: De fato, foi confirmado pelo autodenominado NTC, ou seja, as forças combinadas dos radicais religiosos com os mercenários da OTAN, que o sul da Líbia está sob controle da resistência Verde. Repete-se o que aconteceu das últimas vezes em que a Líbia foi invadida. As forças da resistência abrigam-se no deserto para a partir daí reconquistar o litoral.

Um comentário:

Túlio Lopes disse...

A resistência popular contra a agressão imperialista é fundamental para os povos avançarem rumo ao socialismo.

Postar um comentário