terça-feira, 13 de setembro de 2011

Mulheres em armas na Líbia

Em Asabaa, Líbia, mulheres revolucionárias afugentaram toda um batalhão de traidores aliados ao Império, tendo matado 12. É fácil compreender que no mundo árabe a revolução passa pelo armamento das mulheres, que o surgimento de tropas de mulheres, lideranças femininas, etc., é uma garantia de progresso político. Eis então mais um exemplo do que ganham os imperialistas quando atacam uma revolução, mesmo no estado da líbia. Acabam de criar tudo do que precisávamos que surgisse!

Nenhum comentário:

Postar um comentário