segunda-feira, 13 de junho de 2011

UJC e o congresso da UEE/Um questionamento II

Camaradas,

Apenas uma auto-correção, na postagem abaixo disse que não havia nenhuma menção, mas realmente  há uma pequena menção a proposta das entidades de base no texto que está publicado no Expresso vermelho. A seguinte:

"A União da Juventude Comunista impulsionará a formação de uma Chapa de Oposição Independente com coletivos e estudantes que buscam no dia a dia do movimento estudantil construir uma nova perspectiva para as entidades gerais dos estudantes pautada entre outras coisas na autonomia do movimento estudantil em relação aos governos e reitorias, no debate sobre Universidade Popular e na defesa do poder das entidades de base."

Como comentei lá no blog regional, está bom, o que demonstra não haver um recuo em defender a proposta , mas talvez uma pequena e covarde timidez. Realmente é preciso articular e fazer política no congresso, o texto está claro nisso, falando as coisas certas. Mas ainda deixo em aberto que seria importante, tentarmos fechar uma chapa que colocasse como sua propaganda a mudança de estatuto e a construção da  UEE pelas entidades de base, certamente ainda não temos forças para ganhar, mas somaríamos força nesse sentido. A mudança de estatuto como carro chefe de uma possível chapa, não veda ou exclui outras propostas, aliás, é importante que falemos sempre de mais  coisas e frisemos também o caráter político da defesa do poder das entidades de base, principalmente para responder aqueles que acham que isso tem a ver somente com organização. Nisso gostei do texto que está no Expresso vermelho, mas  ele  é muito tímido quando fala das entidades de base, mas isso a gente vai construindo...




Nenhum comentário:

Postar um comentário