sexta-feira, 5 de novembro de 2010

42 milhões de miseráveis são prova de que política agressiva dos EUA fracassou

A estratégia bélica dos EUA previa aquecer a economia com encomendas de armas, retirando os EUA de sua letargia econômica, mas como podemos ler nesse artigo de site galego Diário Liberdade, o número de pessoas que recorreram aos tíckets alimentação do governo em Agosto de 2010 foi 17% maior que em Agosto de 2009, chegando a 42 milhões! A política externa hostil está se revelando um desperdício de amigos e de recursos que podiam ser gasto com o bem estar público.

Vejam os números completos no link abaixo:

 http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=com_content&view=article&id=8372:wsj-42389619-de-americanos-dependem-do-bolsa-familia-para-comer&catid=89:laboraleconomia&Itemid=99&sms_ss=twitter&at_xt=4cd455ab3bac7e1e,0

5 comentários:

Revistacidadesol disse...

Oi, Alex, tudo bem?

Eu estou com alguns probleminhas. Apareceu uma mensagem ameaçadora no meu blog, relacionada ao caso José Paulo. Eles me ameaçam das consequências que podem advir de defender "os manos". Os direitos humanos, para essa gente, são os direitos dos manos.

E o pior: no jornal local que saiu hoje, o mais lido daqui, Jornal de Negócios, saiu uma notícia contando q o pai do menino José Paulo foi preso, supostamente por estar roubando um carro. O resto da matéria tb fala que o pai teria declarado que quer matar os policiais que mataram seu filho e depois se suicidar e insinua que existe movimentação suspeita dos familiares de José Paulo em torno das casas desses policiais.

Espero uma sugestão de medida que eu possa tomar. Que tal rastrear o ID da mensagem anônima?

Abs do camarada Lúcio Jr.

alex disse...

Lamentável. Vou informar a todos e pedir que todos opinem sobre o caso, que se tornou ainda mais grave. Deve-se notar que a impunidade é o motor de todo esse conflito.

Revistacidadesol disse...

Oi, Alex. Eu suponho que os ânimos se acirraram pq aqui por esses dias o tráfico está numa verdadeira guerra com a PM em um bairro da cidade, onde já ocorreu uma passeata inédita pela paz, por esses dias. Em seis meses, são muitos mortos e feridos. Ouvi falar em seis mortos e dois feridos em estado grave transferidos para BH. Um dos mortos teria morrido com onze tiros.

Outro temor de quem escreveu a mensagem é, como certeza, de que uma organização venha a atuar defendendo direitos humanos aqui na cidade. Isso é altamente repudiado aqui até por estudantes de Direito. São para "humanos direitos", dizem eles.


Abs do camarada Lúcio Jr.

Revistacidadesol disse...

Alex: na comunidade Orkut Bom Despacho comentaram que saiu o laudo do caso José Paulo: ele teria, sim, sofrido agressão, mas morreu por causa do acidente.

Eu já suponho o contrário, mas só do laudo ter sido esse já é um avanço. Mas o laudo não foi publicado em lugar nenhum, então não tenho certeza.

PS: vi um artigo seu sobre um jornal do império. Muito bom, parabéns!

Abs do camarada Lúcio Jr.

Revistacidadesol disse...

JABOR X ESCOREL
Vcs tão acompanhando essa polêmica? Tou com o Escorel e não abro.

Jabor tá requentando o velho tema das patrulhas ideológicas.

Inicialmente, essa história foi assim: O grupo do Gasparian/FHC/Bob Schwarz, à testa do jornal O Movimento, começou a atacar os filmes de Embrafilme e do Cinema Novo, pois o grupo do CEBRAP/Movimento e do FHC é privatista desde sempre e combateu a Embrafilme por ver nela um aparelho ideológico estatista e q cheirava-lhes a comunismo.

Cacá Diegues levou a coisa para outro lado totalmente diferente, atacando os críticos de cinema e arte em geral ligados ao Partido Comunista e ao MDB.

E nessa onda entrou até Caetano Veloso, sem ter a mínima ideia do que era um partido comunista, mas, diz a lenda, dizendo que Maurício Kubrusly criticava e não gostava de sua música pq era um comunista.

E patrulha virou isso q o Jabor usou contra o Escorel, uma arma ideológica da direita contra qualquer crítica vinda da esquerda ou que fala em história ou luta de classes.

Postar um comentário