sexta-feira, 16 de julho de 2010

Temperando a lâmina

Aos poucos, estão chegando propostas de alterações nas propostas da candidatura à Câmara de Deputados. Assim vamos aperfeiçoando essas propostas, que são nossa única arma.

Os leitores não devem ter receio. Devem fazer críticas claras, francas, abertas. Para isso existe a possibilidade de escrever comentários.

As propostas estão duas publicações abaixo.

3 comentários:

Revistacidadesol disse...

Alex: um leitor do Orkut perguntou como é possível militar contra o senado e ter candidato ao senado ao mesmo tempo.

Outro, que irá votar pela primeira vez esse ano, comentou a respeito do uso melhor que se faz do socialismo na Suécia. Eu comentei que social-democracia é diferente de socialismo, mas é bom voltar a esse debate.

Abs do Lúcio Jr.

alex 2121 disse...

A idéia é fazer das eleições senatoriais, daqui em diante, plebiscitárias, sempre tendo candidatos que se ofereçam como opção anti-senado. Se você concorda com o fim do Senado, vote 212.

Realmente, é bom voltar ao debate com a social-democracia, vou escrever algo.

PCB Ipatinga disse...

Militar contra o Senado e ter candidato ao Senado? Parece contradição mas não é. Para que serve o senado? É para fazer com que o capitalismo tenha pouca influência popular no poder, ou seja, partindo do princípio que é possível ter uma câmara de deputados com características populares, o senado tem como objetivo parar o ímpeto dos anseios do povo e manter a ordem pré - estabelecida, o capitalismo e sua política burguesa. A candidatura vai utilizar os meios de comunicação para fazer a denúncia supracitada, é uma anti - candidatura!

Postar um comentário