quarta-feira, 14 de julho de 2010

O "trabalho" da imprensa "brasileira" é mentir

A imprensa dita brasileira já começa mentindo ao não confessar quem são seus patrões. São capitalistas internacionais e nacionais e os governos, mas os governos também são financiados pelos mesmos capitalistas, que no fim das contas são os patrões. Por capitalistas entendemos poucas dezenas de milhares de pessoas no mundo, detentoras de uma quantia extraordinária de capital. Em torno desse núcleo existe uma quantidade bem maior de pequenos capitalistas, que dirigem uma fábrica, uma fazenda, algo assim. Esses não têm quase nenhum poder decisão hoje em dia, e são mesmo a presa dos capitalistas mais poderosos, mas mesmo assim seguem a direção destes. Quando têm suas rádios, e hoje em dia até TVs, reproduzem servilmente o que assistem nas TVs nacionais que por sua vez reproduzem o que receberam das agências internacionais.

Se existe uma coisa que tem atrapalhado o "trabalho" dessa imprensa unilateral é que se espalhou pelo Brasil, pela boca de dezenas de milhares de brasileiros que para lá viajaram, o conhecimento de que Cuba, uma ilha sem recursos naturais, bloqueada pelos EUA há 40 anos, sabotada pelos capitalistas do mundo todo, consegue dar aos seus habitantes uma saúde e uma educação que fazem as nossas parecerem piada. Basta dizer que a espectativa de vida é 20 anos maior. Esse fato desmonta o "trabalho" da imprensa "brasileira" de convencer o povo que as coisas estão bem, que podiam ser piores, que tudo deve ser tolerado, que as crianças não aprenderem mais a ler e escrever é normal, que morte por falta de atendimento médico é normal, que tiroteios com fuzis nas ruas das grandes cidades é normal, que o gigantesco desemprego é pouco, que podia ser pior!

Como todos sabem que o Brasil é um país rico, e que Cuba é pobre, a fama de Cuba atrapalha o apaziguamento das pessoas. Então é necessário demonizar Cuba. Mas o que falar de Cuba? Falavam que proibia a Igreja, ai o Papa foi lá, e foi recebido por enorme quantidade de católicos, e não se viu repressão a religião nenhuma. Falavam que não tinham eleições, mas hoje com a Internet é possível acompanhar as eleições de Cuba ao vivo, e nota-se que são bem mais limpas que as nossas no Brasil. Falavam que não havia liberdade de expressão, mas eles mesmos, quando encontraram uma cubana opositora, jogaram essa mentira para cima e tentaram transformá-la em estrela, mostrando ao mundo todo um cubana gozando de perfeita liberdade de expressão. Agora, inventaram de transformar presos comuns em presos políticos, então Cuba resolveu soltá-los, enviando-os obviamente para os países que acham que eles são inócuos cidadãos perseguidos políticos, que se virem lá com eles... Não é a primeira vez! Os capitalistas não estudam história mesmo! Os EUA não resmungam mais essa mentira porque há poucas décadas os cubanos mandaram para eles um navio de delinquentes, ainda das safras da época de Batista.

Então, agora, colocaram um desses "santinhos" para dizer que apanhava a pauladas e lhe injetaram virus e bactérias na veias. Trata-se de mentira fácil de averiguar, pois a Cruz Vermelha Internacional tem completo acesso às prisões cubanas. Mas mentir é fácil para os capitalistas, pois eles não têm nenhum apego à coerência. Vão logo inventar outra barbaridade, outro assunto aliás no qual o capitalismo é fértil. 

3 comentários:

AF STURT disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AF STURT disse...

Além de não estudar história os capitalistas não estuda direito.Quantos desses "formadores de opinião" já leram a constituição cubana?Muitos nem sabem que ela existe...

Pior de tudo é que eles enchem a boca para chamar Fidel de ditador e simples criminosos,ora agentes do terrorismo internacional ora reponsáveis por delitos comuns, de presos políticos.

O mais grave disso tudo, é que tem um massa que acredita nesse discurso.Ingênuas, essas pessoas não dão conta do que estão falando.Mas isso da para entender, poís a vida interia,na maioria das vezes, rebereram informações manipuladas e parciais.

Todos presos que estão indo para Espanha não são politícos,alias esse país de prisões políticas eles entendem bem...

Revistacidadesol disse...

Alex e Af Sturt: o negócio é assim, se fizer ato terrorista contra Cuba, vira mártir internacional, cria blog badalado com apoio da Veja, ganha prêmios, etc. Se fizer contra a UE e os Estados Unidos, vira pária mundial e vai para a Guantánamo sem direito algum.

Postar um comentário