quinta-feira, 8 de julho de 2010

Minha candidatura a deputado federal, por Alex Lombello Amaral

O Partido Comunista lançou dois candidatos a deputado federal por Minas Gerais, me dando a tarefa de atuar ao sul de Belo Horizonte. Essa reviravolta em minha vida política, para mim inesperada e indesejada, me obriga a dar alguns informes:

1 - Não tenho chance nenhuma de ser eleito, porque precisariamos de 200 mil votos (São João inteira tem 55 mil), e não temos dinheiro nenhum. Portanto, não estou disputando uma teta. Em outras palavras - não, não virei carreirista. Estou somente cumprindo uma tarefa que várias vezes nos anos passados empurrei outros camaradas para cumprirem.

2 - Terei que me afastar por uns meses dos movimentos sociais, pois agora eu só atrapalharia, sem querer, é claro, mas atrapalharia mesmo assim.

3 - Acho um desrespeito tremendo colocar carro de som incomodando as pessoas para pedir voto. Sou contra. Não farei isso. Também acho desrespeito sujar as ruas, sobretudo com papéis sem texto, de forma que no muito jogarei jornais com bastante conteúdo debaixo das portas.

4 - Os objetivos da campanha são apresentar e fortalecer o Partido Comunista Brasileiro, denunciar o capitalismo e apresentar propostas de primeiros passos em direção ao socialismo, que possam ser defendidos desde já. Por "fortalecer" entendemos inclusive e com destaque a criação de células do Partido em diversos municípios de Minas Gerais, que deve ser nosso principal objetivo numérico.

5 - Nossa campanha não é regional. A maioria de nossos votos virá de São João del-Rei, e nos daria mais votos concentrar a campanha nessa cidade e nas redondezas, mas não faremos isso. Nosso objetivo, como se vê acima, é espalhar o Partido Comunista, com militantes selecionados, pois tentaremos elevar o tom do debate, e esse objetivo não corresponde a concentrar a campanha em meia duzia de municípios. Além disso, o discurso regionalista para deputado federal é uma hipocrisia, pois o que se vota na Câmara dos Deputados são assuntos nacionais.

6 - Para o que queremos, o que mais interessa é utilizar os espaços na TV e nas rádios, que chegam nos 853 municípios do estado. Para isso precisamos conseguir recursos financeiros e ajuda técnica. Se não utilizarmos esse espaço com seu potencial máximo, podemos afirmar que lançamos essa candidatura a toa, e que fracassamos.

7 - Toda a campanha deve direcionar as pessoas para nossa rede de sites e blogs na Internet, que permanerão depois das eleições. Por esse mesmo motivo não criaremos um blog pessoal, que acabaria depois das eleições.

Estou a disposição para responder questões e em breve publicarei mais informações.

Alex Lombello Amaral - 2121

Conta no twitter - @lombelloamaral

PCB, o Partido do século 21

Teremos candidatos a tudo:

Presidente - Ivan Pinheiro - 21

Governador - Fabinho - 21

Senador - Rafael Pimenta - 212

Deputados Federais - Antônio de Almeida Lima 2100 e Alex Lombello Amaral 2121

Deputados Estaduais - Daniel Cristiano 21210 e Luciano 21321.

2 comentários:

Jovem Comunista Campo das Vertentes-MG disse...

Estamos juntos nessa alex.

saudações comunistas!

UJC UFMG disse...

Denunciar as mazelas do capitalismo e traçar um esboço do que seria o Brasil socialista e seus benefícios é a tarefa de todos nós comunistas e estamos unidos nesse propósito.

Força máxima contra a democracia burguesa!!!

Postar um comentário