quarta-feira, 28 de julho de 2010

Item 11 - Tabelamento de todos os salários públicos em relação ao mínimo

Não podia ser mais simples, evitando a farra atual dos três poderes se ajudando e evitando greves nos serviços públicos. Simplesmente todos os cargos públicos deviam ter salários previstos em lei, todos em X salários mínimos. Para os empregados públicos, quando aceita a tabela, seria uma benção, pois suas perdas salariais se reduziriam às do mínimo. Quem há dez anos ganhava 10 mínimos, hoje ganha 5, por exemplo. Isso cessaria. Para os políticos seria uma amarra necessária, para pararem de aumentar seus próprios salários mais que os dos outros.

Uma conquista dessas demandaria muita luta, não só parlamentar, mas sobretudo nas ruas. Todos os três poderes resistiriam bravamente a essa proposta mesmo que um presidente da República muito popular a apoiasse. Apesar desse pesares, pelo seu moralismo, poderia ser conquistada, ou se tornar bandeira obrigatória na primeira ruptura institucional que obviamente acabaremos por ter a continuar a atual desmoralização do Estado.

Note-se que está abaixo de nossa proposta tradicional, que é a da Comuna de Paris de 1871, que além de tabelar diminuiu as diferenças salariais ao mínimo, enquanto o que pedimos é somente o tabelamento, sem tocar no assunto de reduzir os salários dos governantes a patamares éticos. Só pedimos que, se hoje são, por exemplo, 50 mínimo, então fiquem nisso.

4 comentários:

AF STURT disse...

Bom, é só um ponto para o debate:

O salário tabelado no estado crê que nas estatais também, não ajudaria o fortalecimento da iniciativa privada?Que por sua vez cresceria economicamente e ainda ganharia apoio popular paras as privatizações?Ou será que o tabelamento de salários se estenderia ao privado também?

A não ser que eu não estou entendendo como vai ser feita esse tabelamento...

alex 2121 disse...

Não entendi, Af. Não imagino como você está pensando. Só vejo o tabelamento como uma forma de evitar que os políticos se aumentem e de evitar que os salários dos funcionários se desfalquem.

AF STURT disse...

Bom, acho que o ponto que eu coloquei não é tanto importante assim. Mas a minha preocupação é: com os salários de funcionários públicos tabelados, ou seja, menores dos que da iniciativa privada, levariam os melhores profissionais para ela (Iniciativa privada) e conseqüentemente teria uma baixa produção no setor estatal. Isso não pode ocorrer?

alex 2121 disse...

Bom, eu acho que seria o contrário. Na verdade a iniciativa privada paga muito mal. E com os salários tabelados de acordo com o mínimo, não haveria perdas, que é só o que tem acontecido. O mínimo aumenta, aumentam os preços todos, e os salários de diversas categorias não aumentam o mesmo que o mínimo.

Postar um comentário