quarta-feira, 7 de abril de 2010

Urnas eletrônicas fraudadas na Bolívia

Uma candidata a alcaide (prefeita) simplesmente não encontrou o voto dela na urna em que votou! Os resultados em todo o país já sugerem fraude, e o próprio presidente da República, Evo Morales, está denunciando as urnas.

Como é óbvio para qualquer programador, não existe programa seguro, não existe forma de evitar invasões e fraudes. Os bancos pagam aos melhores programadores, vários milhões de dólares, para terem alguma segurança, e mesmo assim ainda são roubados por moleques que não têm o que fazer.

A política, por sua vez, sempre foi um terreno de roubos e fraudes, de forma que é simplesmente idiotice imaginar que urnas eletrônicas são seguras, como a imprensa "brasileira", completamente vendida, afirma irresponsavelmente.

É a segunda vez que urnas eletrônicas são denunciadas no estrangeiro. A primeira vez foi em Angola. Provavelmente, "nossa" imprensa vai abafar o caso novamente.

Um comentário:

Fraude Urnas Eletrônicas disse...

Infelizmente estamos vivendo em plena ditadura eleitoral. A população está totalmente desinformada. São eleitos os candidatos que os poderosos querem. As pesquisas de opinião fazem parte de um esquema montado: as urnas eletrônicas são manipuláveis. Mas ainda temos uma chance: é através do trabalho de conscientização e informação aos eleitores que podemos mudar esta situação. Leia o site Fraude Urnas Eletrônicas e saiba mais sobre o assunto. Desde já nos colocamos à disposição para troca de informações e fortalecimento dos movimentos em prol da democracia.
www.fraudeurnaseletronicas.com.br

Postar um comentário