sexta-feira, 26 de março de 2010

DCE-UFSJ defende estatuto para a UEE de Minas Gerais em que o poder será das entidades de base

Há seis anos, o Diretório Central dos Estudantes da Federal de São João del-Rei é dirigido pelos Centros Acadêmicos, tento abolido a democracia burguesa, que se dava na eleição direta para o DCE, e a substituído por um novo tipo de democracia, que se dá no Conselho de Entidades de Base, ou seja, uma democracia que em russo seria chamada de soviética.

Agora, como o UEE de Minas Gerais marcou para 17 e 18 de Abriu um Conselho Estadual de Entidades de Base para reescrever seu estatuto, os estudantes de São João del-Rei apresentaram uma proposta de estatuto que pode ressuscitar essa entidade, que hoje só existe nos seus Congressos bianuais e no cartório.

A proposta é que os diretores sejam eleitos pelas entidades de base, em cada município que tiver o mínimo de 5 entidades de base. Os Conselhos Municipais de Entidades de Base também poderão depor os diretores quando quiserem. Não é hora de meias palavras - essa proposta é a elevação da UEE de entidade cartorial a um vigoroso soviet de universitários. Agora saberemos quem são os comunistas de verdade, que lutam pelo poder popular, nesse caso estudantil, e quem são os carreiristas aproveitadores, que não podem se despregar da democracia burguesa.

A União da Juventude Comunista, em seu Congresso Estadual, em São João del-Rei, já aprovou que também defenderá a proposta de poder das entidades de base sobre a UEE, aos moldes propostos pelos estudantes de São João del-Rei.

A proposta de estatuto já está no ar, no endereço http://ueedosestudantes.blogspot.com/ .

Nenhum comentário:

Postar um comentário